As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Leitura no metrô

Luiz Zanin Oricchio

26 de junho de 2008 | 10h59

Ontem, já tarde da noite, descendo na estação do metrô perto de casa, reparei no mesmo vagão numa moça que lia um livro, muito concentrada. Bem mocinha, aliás, devia ter uns 18 anos, se tanto. Passando por ela, dei uma olhada na capa do livro – era Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis. Existe esperança na vida.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.