As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Grandes Olhos

Luiz Zanin Oricchio

30 Janeiro 2015 | 20h33

Grandes Olhos, de Tim Burton, é a história de uma farsa. E também de
um caso torto de amor e submissão feminina.

O caso é o seguinte: em 1958, Margaret (Amy Adams) escapa de um
casamento opressivo e se manda com a filha para San Francisco. Ela é
uma espécie de pintora de domingo, dotada de obsessão monotemática –
pinta crianças com olhos grandes e ar triste, em diversas situações.
Numa feirinha de artes, onde ganha a vida desenhando caricaturas de
pessoas a um dólar por cabeça, conhece outro pintor, Walter Keane
(Christoph Waltz, de Bastardos Inglórios). Este também expõe seu
trabalho, paisagens de Paris, onde diz ter morado algum tempo no
bairro boêmio de Montmartre.

Leia a crítica no Portal:

 

http://cultura.estadao.com.br/noticias/cinema,grandes-olhos-e-um-caso-torto-de-amor-e-submissao-feminina,1626656

Mais conteúdo sobre:

Oscar 2015