Godard e Muylaert melhores do ano segundo os críticos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Godard e Muylaert melhores do ano segundo os críticos

Luiz Zanin Oricchio

22 de dezembro de 2015 | 08h43

horas

Os associados da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) elegeram Adeus à Linguagem, de Jean-Luc Godard, o melhor longa-metragem estrangeiro.

Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert, foi considerado o melhor longa nacional.

No Quintal, de André Novais, venceu na categoria melhor curta.

Esta é a mais ampla votação de crítica do país. A entidade possui cerca de 100 associados, distribuídos por 16 Estados da federação.

Sou membro da associação e não emplaquei todos os meus candidatos. Vão aí meus votos, apenas para conhecimento dos leitores:

Melhor longa estrangeiro: Leviatã

Melhor longa nacional: Que Horas Ela Volta?

Melhor curta-metragem: O Dia em que Deixei de me Preocupar com Canalhas.

Tendências: