As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ficção ou documentário?

Luiz Zanin Oricchio

07 de outubro de 2006 | 23h28

Depois da coletiva da mostra, passaram um filme como aperitivo, Sonhos de Peixe, do russo Kirill Mikhanovsky. Mas é um filme russo? Não parece, tem jeito mais de produção brasileira. Rodado numa vila de pescadores perto de Natal, no Rio Grande do Norte, retrata o cotidiano desses “trabalhadores do mar”, com histórias ficcionais no meio: em especial, a do garotão que vive de tirar lagostas do fundo do mar, mas deseja mesmo é pescar uma sereia que mora na vila. Indeciso entre a ficção e o documentário, Sonhos de Peixe tem bonita fotografia, amor pelos personagens, etc., mas não chegou a me convencer muito.

Quem fez um filme nessa mesma intersecção entre o registro documental e o da ficção foi o brasileiro Andrea Tonacci. Mas com resultado muito, muito melhor. Seu filme, Serras da Desordem, ganhou o Festival de Gramado (dividindo o prêmio principal com Anjos do Sol). Está também programado para a Mostra.Eu, se fosse vocês, não o perderia por nada deste mundo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.