As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festival de Gramado, novo formato

Luiz Zanin Oricchio

05 de agosto de 2010 | 14h08

Amanhã começa novo Festival de Gramado. Formato diferente, mais estendido – agora serão nove dias de competição. Mais filmes, mais debates, mais tudo. Só de longas brasileiros serão oito concorrentes: 180º, Bróder, Diário de uma Busca, Enquanto a Noite não Chega, Não se Pode Viver sem Amor, O Último Romance de Balzac, Ponto Org e Contestado – Restos Mortais. Deles, só vi Bróder, que passou em Paulínia. O resto é novidade, o que é bom. Em princípio.

Já os estrangeiros são os seguintes: Longas Estrangeiros

El Vuelco del Cangrejo – Oscar Ruiz Navia (Colômbia/França)

Historia de un Dia – Rosana Matecki (Venezuela)

La Vieja de Atras – Pablo Jose Meza (Argentina/Brasil)

La Yuma – Florence Jaugey (Nicarágua)

Mi Vida con Carlos – German Berger (Chile/Espanha/ Alemanha)

Ojos Bien Abiertos – Un Viaje por la Sudámerica de Hoy – Gonzalo Arijon


Este ano vou fazer parte do júri da crítica que, em Gramado, tem número limitado de participantes. Os nomes são escolhidos pela Associção de Críticos do Rio Grande do Sul.

Enfim, estarei por lá e vou mandando notícias pelo blog.

Tudo o que sabemos sobre:

Festival de Gramado

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: