As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festa da Menina Morta vence prêmio da crítica

Luiz Zanin Oricchio

16 de agosto de 2008 | 11h41

GRAMADO – Pois é, o primeiro filme de Matheus Nachtergaele como diretor – A Festa da Menina Morta – foi considerado o melhor pela crítica cinematográfica presente em Gramado. O colombiano Perro come Perro foi eleito melhor filme estrangeiro e Booker Pittman, o melhor curta.

Beleza de filme, o de Matheus. Perturbador, evoca um clima de religiosidade exacerbada e o mescla com temas tabus, como o incesto, numa filmagem de grande intensidade. Daniel de Oliveira, transfigurado, faz Santinho, o milagreiro andrógino em torno do qual se organiza essa fantasmagórica festa em homenagem a uma menina morta. Notável trabalho fotográfico de Lula Carvalho e um mergulho radical nos porões da alma humana, em tom sacrificial que lembra muito o de Livro de Jó, o grande trabalho teatral de Nachtergaele.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.