As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Férias

Luiz Zanin Oricchio

15 de dezembro de 2008 | 17h23

Amigas e amigos, entro em recesso a partir de hoje. Nas vezes anteriores, acabei abastecendo o blog mesmo durante as férias. Vocês me desculpem, mas desta vez não vou fazer isso. Sinto necessidade de uma parada total. Por motivos diversos, este ano foi muito mais desgastante do que os anteriores. Deve ter algo a ver com o excesso de encargos no jornal (crítica e reportagem de cinema, edição do suplemento Cultura, coluna de futebol, blog, viagens mil, reuniões idem, etc.). E também com alguns aspectos particulares e profissionais sobre os quais não temos qualquer tipo de controle. As coisas acontecem e temos de administrá-las.

De qualquer forma, talvez tenha chegado a hora de jogar um pouco de carga ao mar para preservar a estrutura do navio, se me entendem. Tranqüilizem-se (ou inquietem-se): o blog não fará parte dessa carga a ser sacrificada. Mas entendo que devo repensar todo o meu trabalho, concentrar-me para que ele fique melhor e também me desgaste menos, duas coisas que entendo relacionadas. Em algum momento, este ano, eu perdi a medida e o já parco controle sobre a vida me escapou por completo. Pretendo retomá-lo.

Quanto ao blog, aceito sugestões, palpites e pitacos: devo mantê-lo como está? Concentrar mais os posts em cinema, literatura e coisas assim? Ou, pelo contrário, seria melhor ampliar o leque de assuntos? A forma deve ser modificada? Digam o que vocês esperam e/ou preferem. Prometo que lerei as sugestões com atenção e as levarei em conta na hora de mudar.

Ainda estou escrevendo algumas matérias para deixar para o Caderno 2 e para o Cultura, mas no momento em que colocar o ponto final na última delas vou me desconectar. Já selecionei um monte de livros para ler e alguns DVDs para ver ou rever. Mas se não conseguir ler ou assistir muita coisa, não vou ficar preocupado. Quero apenas me serenizar, como na letra daquela bela canção. Caminhar pela praia, nadar, dormir. Pensar e relaxar. Para voltar melhor.

Se a gente não se falar mais até lá, desejo ótimas festas de fim de ano para todas e todos. E um excelente 2009 para nós, e para o País, o que vem a dar quase na mesma.

Até a volta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: