As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em Tiradentes

Luiz Zanin Oricchio

25 Janeiro 2007 | 17h31

Amigos,depois de várias horas de viagem, chegamos finalmente a Tiradentes, uma das mais belas cidades da região do ouro de Minas. A viagem ficou longa porque desce-se no aeroporto de Confins (que faz jus ao nome)e depois são mais de 4 horas de viagem em uma van. Vale a pena. Em especial porque no meio do caminho come-se um daqueles fantásticos sanduíches de lingüiça no pão de queijo. Depois doce de leite e pé de moleque de sobremesa. Adeus, regime. Viemos na mesma van meu colega de Estado, Luiz Carlos Merten, os críticos Alessandro Giannini, Inácio Araújo e Maria do Rosário Caetano, que é minha mulher. E mais a montadora Idê Lacreta. Viemos falando de cinema, claro, e amolando-nos uns aos outros, já que temos intimidade pela longa convivência nos festivais de cinema da vida. Logo mais à noite caímos na maratona e vamos ver dois filmes. Depois conto as novidades. Só tive tempo de entrar no hotel, ligar o computador e postar abaixo as duas críticas que escrevi hoje para o Caderno 2: de O Violino e Apocalypto. E este recadinho aqui. Leiam, abraços.