As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em companhia de Antonio Callado

Luiz Zanin Oricchio

07 de junho de 2010 | 12h57

Já estou de volta ao batente. Durante o feriado li Esqueleto na Lagoa Verde, de Antonio Callado, sobre o caso Fawcett. Lembram? É o explorador britânico que desapareceu na selva brasileira quando procurava uma mítica cidade perdida. O relato de Callado, que foi extraordinário escritor (basta ler seu Reflexos do Baile para comprovar) é um exemplo de jornalismo literário em seu mais alto nível. Recomendo a estudantes de jornalismo, tão sujeitos hoje a empulhações variadas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.