As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Drama sobre brasileiros na 2ª Guerra vence o Cine Ceará

Luiz Zanin Oricchio

23 de novembro de 2014 | 10h36

FORTALEZA – Depois de vencer o Festival de Gramado em Agosto, Estrada 47, de Vicente Ferraz, fatura o troféu Mucuripe de melhor filme no Cine Ceará. Com uma história que tem por heróis os pracinhas brasileiros na Itália, durante a 2ª Guerra Mundial, Estrada 47 faturou também o prêmio de melhor direção de arte.

O longa, com estreia prevista apenas em 2015, concorreu com produções do México, Equador, Porto Rico, Chile e Espanha, além de outras duas do Brasil.

Bem premiado foi o espanhol Os Fenômenos, que ficou com os troféus de trilha sonora, roteiro e fotografia. Seu tema é a crise econômica do país e a maneira como afeta a classe trabalhadora. Também agradou o júri o mexicano Obediência Perfeita, que ficou com os troféus de direção (Luiz Urquiza) e ator (Sebastián Aguirre).

O melhor curta, para o júri oficial, foi a animação Edifício Tatuapé Mahal.

A crítica, representada em júri organizado pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) escolheu o documentário A Vida Privada dos Hipopótamos como melhor longa e História Natural como melhor curta.

 

Tabela vencedores do Cine Ceará 2014

 

 

Longas-metragens

Estrada 47 – melhor filme, direção de arte

Obediência Perfeita – ator (Sebastian Aguirre), direção (Luiz Urquiza)

Os Fenômenos – trilha sonora, roteiro, fotografia

Eu Não Sou Lorena – atriz (Loreto Arabena)

A Vida Privada dos Hipopótamos – edição, Prêmio da Crítica (Abraccine)

Dólares de Areia – som
Curtas-metragens

Edifício Tatuapé Mahal – melhor filme

Menino da Gamboa – direção

Guida e Joaquim Bralhador – menção honrosa

História Natural – Prêmio da Crítica (Abraccine)