As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Diário do Recife 2011: Estamos Juntos, de Toni Venturi, vence o festival

Luiz Zanin Oricchio

07 de maio de 2011 | 01h03

Amigos, o grande vencedor do Cine PE foi Estamos Juntos, o belo filme de Toni Venturi. Além de melhor filme ganhou os prêmios de direção, roteiro, fotografia, atriz (dividido com Família Vende Tudo) e montagem, além do prêmio da crítica. Outro paulista, Família Vende Tudo, de Alain Fresnot, ficou em segundo lugar com os troféus de atriz, ator, ator coadjuvante, direção de arte e trilha sonora.

Foram os dois filmes mais agraciados. Outros foram mencionados, como Vamos Fazer um Brinde, e JMB, o Famigerado.

Apenas dois saíram de mãos abanando: Casa 9 e Casamento Brasileiro. Abaixo segue a premiação completa.

LONGAS-METRAGENS

Melhor Filme: Estamos Juntos, de Toni Venturi

Direção: Toni Venturi (Estamos Juntos)

Ator: Caco Ciocler (Família Vende Tudo)

Atriz: Leandra Leal (Estamos Juntos) e Marisol Ribeiro (Família Vende Tudo)

Atriz Coadjuvante: Ana Miranda (Vamos Fazer um Brinde)

Ator Coadjuvante: Robson Nunes (Família Vende Tudo)

Roteiro: Hilton Lacerda (Estamos Juntos)

Fotografia: Lula Carvalho (Estamos Juntos)

Montagem: Marcio Hashimoto (Estamos Juntos)

Trilha Sonora: Arrigo Barnabé (Família Vende Tudo)

Direção de Arte: Alain Fresnot e Fábio Goldfard (Família Vende Tudo)

Edição de Som: o júri não escolheu o melhor nesta categoria

Prêmio Especial do Júri Oficial: JMB, o Famigerado, de Luci Alcantara

Melhor Filme/Júri Popular: JMB, o Famigerado

Prêmio da Crítica: Estamos Juntos

Troféu Gilberto Freyre: Vamos Fazer um Brinde

CURTAS-METRAGENS 35 mm

Melhor Filme: Tempestade, de Cesar Cabral (SP)

Direção: Daniel Turini, por Fábula das Três Avós (SP)

Ator: Henrique Ponzi, de Café Aurora (PE)

Atriz: Haydil Linhares, de Náufragos (SP)

Roteiro: Daniel Turini, de Fábula das Três Avós (SP)

Fotografia: Alziro Barbosa, de Tempestade (SP)

Montagem: Marcius Barbieri, de Braxília (DF)

Edição de Som: Fernando Henna, de Fábula das Três Avós (SP)

Trilha Sonora: Dado Villa-Lobos, de Braxília (DF)

Direção de Arte: Daniel Bruson, de Tempestade (SP)

Prêmio do Júri Popular: Braxilia (DF), de Danyella Proença

Prêmio da Crítica: Calma Monga, Calma! (PE), de Petrônio de Lorena

Prêmio Especial do Júri Oficial: Janela Molhada (PE), de Marcos Enrique Lopes

Prêmio Aquisição do Canal Brasil, no valor de R$ 15 mil: Mens Sana In Corpore Sano (PE), de Juliano Dornelles

CURTAS-METRAGENS DIGITAIS

Melhor Filme: Flash (SP)

Direção: Alison Zago, por Flash (SP)

Roteiro: Samir Machado, de Traz Outro Amigo Também (RS)

Montagem: Rodrigo John, de Céu, Inferno e Outras Partes do Corpo (RS)

Prêmio Especial do Júri Oficial: A Casa da Vó Neyde, de Caio Cavenchini (SP)

Júri Popular: Vou Estraçaiá (PE), de Tiago Leitão

Prêmio da Crítica: Ovos de Dinossauro na Sala de Estar, de Rafael Urban e Henrique Ribeiro (PR)

1ª menção honrosa para o curta Vou Estraçaiá (PE), com direção de Thiago Leitão, pela habilidade com que apresenta ao público o personagem central.

2ª menção honrosa para o curta Ovos de Dinossauro na Sala de Estar (PR), com direção de Rafael Urban e Henrique Ribeiro, pela originalidade na concepção do filme

Tudo o que sabemos sobre:

Cine PEpremiação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.