As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Diário de Gramado 2012 Mais curtas

Luiz Zanin Oricchio

17 de agosto de 2012 | 12h48

Funeral à Cigana, de Fernando Honesko, começa muito bem, com a ambientação entre a comunidade cigana interpretando a si mesma. A história é a de um funeral on the road, pois o defunto havia expressado o desejo de ser enterrado no local onde nasceu. Mas o filme carece de uma estruturação melhor e, tal qual uma caravana perdida, parece não saber para onde ir.

Já A Mão Que Afaga, de Gabriela Amaral Almeida, é uma das melhores surpresas do festival. Põe em cena uma operadora de telemarketing e sua necessidade de fazer uma festa de aniversário para o filho. Há poucos convidados e ela providencia um desses atores vestidos de ursinho para animar a festa. Melancolia brutal.

 

Mais conteúdo sobre:

curtas-metragensFestival de Gramado