As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Diário de Brasília 2011: primeiro déjà vu, As Hipermulheres

Luiz Zanin Oricchio

27 de setembro de 2011 | 18h16

Daqui pouco estamos indo para o Cine Brasília para a primeira noite da mostra competitiva. O primeiro longa concorrente é As Hipermulheres, um belo filme de Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro. Já vimos em Gramado. Dos curtas também já vi Céu, Inferno e Outras Partes do Corpo. Além dele, há Bom Tempo e A Fábrica. Minha curiosidade maior é em relação a Ser Tão Cinzento, de Henrique Dantas, sobre o cineasta Olney São Paulo, diretor de Manhã Cinzenta. Esse filme de Olney ficou famoso ao ser projetado num avião sequestrado em 1969. A história é boa demais. Vamos ver o filme.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: