As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Diário de Brasília 2010: os curtas Cachoeira e Fábula das Três Avós.

Luiz Zanin Oricchio

26 de novembro de 2010 | 10h10

Os dois curtas da noite despertaram interesse na plateia, mas nenhum deles sai consagrado do Cine Brasília. São ok., embora com limitações. Cachoeira é inspirado em fatos reais e fala de um grupo indígena que consome uma beberagem fatal e cultiva pactos de suicídio. Tem qualidades, inclusive na filmagem da selva que é sempre difícil, mas falha na transmissão do impacto desses eventos trágicos, que aparecem atenuados na tela. Já Fábula das Três Avós diverte com seu universo mágico. A história é a de uma pequena órfã, levada por um personagem estranho a conhecer suas avós – uma delas, a que ela mais goste, irá adotá-la. Mas as velhas senhoras são uma mais esquisita do que a outra. Uma pequena fábula, que toca com delicadeza no tema da morte e exibe alguns momentos melhores do que outros.

Tudo o que sabemos sobre:

cinema brasileirocurta-metragem

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: