As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Diário da Mostra 2014. Vencedores e repescagem

Luiz Zanin Oricchio

30 de outubro de 2014 | 09h47

Prêmio do Júri – Melhor Ficção – Novos Diretores
ENTRE MUNDOS, de Feo Aladag (Alemanha)Prêmio do Júri – Melhor Documentário – Novos Diretores
A GUERRA DAS PATENTES, de Hannah Leonie Prinzler (Alemanha)Prêmio do Público – Melhor Ficção Internacional
RELATOS SELVAGENS, de Damián Szifrón (Argentina, Espanha)Prêmio do Público – Melhor Ficção Internacional
DO QUE VEM ANTES, de Lav Diaz (Filipinas)Prêmio do Público – Melhor Ficção Internacional
SAM, de Elena Hazanov (Suiça)

Prêmio do Público – Melhor Ficção Brasileiro
A HISTÓRIA DA ETERNIDADE, de Camilo Cavalcante

Prêmio do Público – Melhor Documentário Internacional
CHARLES CHAPLIN: A LENDA DO SÉCULO, de Frédéric Martin (França)

Prêmio do Público – Melhor Documentário Brasileiro
CÁSSIA, de Paulo Henrique Fontenelle

Prêmio da Crítica – Melhor Filme
LEVIATÃ, de Andrey Zvyagintsev (Rússia)

Menção Honrosa da Crítica
MOSTRA VICTOR ERICE (Espanha)

Menção Honrosa da Crítica
A ILHA DOS MILHARAIS, de George Ovashili (Geórgia)

Menção Honrosa da Crítica
RETORNO A ÍTACA, de Laurent Cantet (França)

Menção Honrosa da Crítica
O PEQUENO QUINQUIN, de Bruno Dumont (França)

Prêmio ABRACCINE
CASA GRANDE, de Fellipe Barbosa (Brasil)

Prêmio Associação Autores de Cinema – Melhor Roteiro
A GANGUE (Ucrânia), roteiro de Myroslav Slaboshpytskiy

Prêmio da Juventude – Melhor Filme Internacional
LABYRINTHUS, de Douglas Boswell (Bélgica, Holanda)

Prêmio da Juventude – Melhor Filme Brasileiro
ENCANTADOS, de Tizuka Yamasaki

Prêmio Humanidade
GERALDINE CHAPLIN

Prêmio Humanidade
MARIN KARMITZ

Prêmio Humanidade
JIA ZHANGKE

 Repescagem:
Muitos filmes bons e alguns imperdíveis para conferir na repescagem da Mostra.
A começar pelos imperdíveis e, um entre todos, O Sol do Marmelo, de Victor Erice, uma raridade nas telas brasileiras. Erice acompanha um amigo pintor, dia após dia, enquanto este tenta captar o impossível – a cor de uma fruta de marmelo, batida pelo sol, no momento em que ela atinge o esplendor e antes que caia do pé e apodreça. Claro, a tentativa é uma parábola da passagem do ser humano pela Terra e a tentativa de captar o tempo, em seu auge. Talvez o mais belo filme do diretor, conhecido por sua obra pequena (apenas três longas), de grande rigor e beleza formal. Erice é também autor de O Espírito da Colmeia e o Sul.

Em seguida, não se pode pensar em perder O Pequeno Quinquin, comédia de Bruno Dumont, originalmente feita para a TV francesa e aqui exibida em versão integral de 200 minutos. A história se passa numa pequena cidade do nordeste francês, à beira do Canal da Mancha. Crimes misteriosos começam a acontecer (os cadáveres são encontrados, aos pedaços, no interior de vacas mortas). Uma dupla estranha é encarregada da investigação e é observada pelos garotos da região, inclusive pelo Quinquin do título.
Leviatã é o filme russo de Andrei Zvyagintsev, premiado pela crítica neste ano. Uma visão da criminalidade na Rússia atual, através da história de um homem que mora num lugar cobiçado pelo prefeito local, que lucra com a especulação imobiliária. Retrato cruel, mas de uma beleza formal comovente.Entre os brasileiros, o destaque é para A História da Eternidade, de Camilo Cavalcante, que venceu o Festival de Paulínia deste ano. Três histórias desenroladas no sertão, que apresentado com suas carências mas também com a transcendência metafísica que caracteriza os filmes do diretor pernambucano.

Também entre os brasileiros, Cássia, de Paulo Henrique Fontenelle, com ótimo material de arquivo sobre a roqueira que morreu cedo e deixou uma legião de fãs inconsoláveis, além de ter liderado uma revolução comportamental.

Dois documentários merecem ser vistos – Charles Chaplin – a Lenda do Século, de Frédéric Martin, e A Guerra das Patentes, de Hannah Prinzler. Valem pelo rigor, material de pesquisa e informações inéditas sobre seus temas e personagens.

Horários da repescagem 

CINESESC

30/10/2014 – Quinta

Sessão 2001 – 15:00

FUGA DA REALIDADE (HIRNGESPINSTER), de Christian Bach (90′). ALEMANHA. Falado em alemão. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 14 anos.

 

Sessão 2002 – 17:00

CHARLES CHAPLIN: A LENDA DO SÉCULO (CHARLES CHAPLIN: THE LEGEND OF THE CENTURY), de Frédéric Martin (90′). FRANÇA. Falado em francês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: Livre.

 

Sessão 2003 – 19:00

A GUERRA DAS PATENTES (THE PATENT WARS), de Hannah Leonie Prinzler (81′). ALEMANHA. Falado em alemão. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: Livre.

 

Sessão 2004 – 21:00

SAM (SAM), de Elena Hazanov (80′). SUIÇA. Falado em francês. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: Livre.

 

 

31/10/2014 – Sexta

Sessão 2005 – 15:00

PEQUENAS ATRAÇÕES (MALE STLUCZKI), de Aleksandra Gowin, Ireneusz Grzyb (78′). POLÔNIA. Falado em polonês. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 16 anos.

 

Sessão 2006 – 16:40

O ÚLTIMO TRAGO (EN EL ÚLTIMO TRAGO), de Jack Zagha Kababie (91′). MÉXICO. Falado em espanhol. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: Livre.

 

Sessão 2007 – 18:30

A ILHA DOS MILHARAIS (SIMINDIS KUNDZULI), de George Ovashvili (98′). GEORGIA, ALEMANHA, FRANÇA, REP. CHECA, CASAQUISTÃO, HUNGRIA. Falado em língua georgiana, russo , abkhazian. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 14 anos.

 

Sessão 2008 – 20:30

LEVIATÃ (LEVIATHAN), de Andrey Zvyagintsev (140′). RÚSSIA. Falado em russo. Legendas em português. Indicado para: 18 anos.

 

Sessão 2009 – 23:10

CÁSSIA (CÁSSIA), de Paulo Henrique Fontenelle (120′). BRASIL. Falado em português. Indicado para: 12 anos.

 

 

01/11/2014 – Sábado

Sessão 2010 – 15:00

O PEQUENO QUINQUIN (P’TIT QUINQUIN), de Bruno Dumont (200′). FRANÇA. Falado em francês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 14 anos.

 

Sessão 2011 – 18:40

LABYRINTHUS (LABYRINTHUS), de Douglas Boswell (96′). BÉLGICA, HOLANDA. Falado em holandês. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: Livre.

 

Sessão 2012 – 20:30

ENTRE MUNDOS (ZWISCHEN WELTEN), de Feo Aladag (103′). ALEMANHA. Falado em alemão, inglês, pushto, dari. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 14 anos.

 

Sessão 2013 – 22:30

DÓLARES DE AREIA (DOLARES DE ARENA), de Laura Amelia Guzmán, Israel Cárdenas (85′). REP. DOMINICANA, MÉXICO, ARGENTINA. Falado em espanhol. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 14 anos.

 

 

02/11/2014 – Domingo

Sessão 2014 – 15:00

HERÓIS IMPROVÁVEIS (SCHWEIZER HELDEN), de Peter Luisi (94′). SUIÇA. Falado em alemão- suiço. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 12 anos.

 

Sessão 2015 – 17:00

OS CONVIDADOS (THE GUESTS), de Ken Jacobs (79′). ESTADOS UNIDOS. Falado em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: Livre.

 

Sessão 2016 – 18:45

A HISTÓRIA DA ETERNIDADE (A HISTÓRIA DA ETERNIDADE), de CAMILO CAVALCANTE (120′). BRASIL. Falado em português. Legendas em inglês. Indicado para: 16 anos.

 

Sessão 2017 – 21:10

A GANGUE (PLEMYA), de Myroslav Slaboshpytskiy (132′). UCRÂNIA. Falado em sem diálogos/ linguagem de sinais. Indicado para: 18 anos.

 

 

03/11/2014 – Segunda

Sessão 2018 – 15:00

O PRÍNCIPE (SHAH-ZADEH), de Mahmoud Behraznia (92′). IRÃ. Falado em farsi. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 14 anos.

 

Sessão 2019 – 17:00

O CUCO E O BURRO (DER KUCKUCK UND DER ESEL), de Andreas Arnstedt (95′). ALEMANHA. Falado em alemão. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 12 anos.

 

Sessão 2020 – 19:00

ANTES, O VERÃO (ANTES, O VERÃO), de Gerson Tavares (80′). BRASIL. Falado em português. Curta: REENCONTRO COM O CINEMA, de Rafael,de Luna,Freire(28′). Indicado para: 14 anos.

 

Sessão 2021 – 21:00

AS BRUXAS DE ZUGARRAMURDI (LAS BRUJAS DE ZUGARRAMURDI), de Álex de la Iglesia (114′). ESPANHA,FRANÇA. Falado em espanhol. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 16 anos.

 

 

04/11/2014 – Terça

Sessão 2022 – 15:00

MAIS PERTO DA LUA (CLOSER TO THE MOON), de Nae Caranfil (110′). ROMENIA, EUA, ITÁLIA, POLÔNIA. Falado em inglês, romeno. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 18 anos.

 

Sessão 2023 – 17:00

ENCONTROS COM UM JOVEM POETA (MEETINGS WITH A YOUNG POET), de Rudy Barichello (85′). CANADA. Falado em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 14 anos.

 

Sessão 2024 – 19:00

VIVER É FÁCIL COM OS OLHOS FECHADOS (VIVIR ES FÁCIL CON LOS OJOS CERRADOS), de David Trueba (108′). ESPANHA. Falado em espanhol. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 12 anos.

 

Sessão 2025 – 21:00

A PEQUENA MORTE (THE LITTLE DEATH), de Josh Lawson (97′). AUSTRALIA. Falado em inglês. Legendas em linguagem de sinais em algumas cenas. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 18 anos.

 

 

05/11/2014 – Quarta

Sessão 2026 – 15:00

DO QUE VEM ANTES (MULA SA KUNG ANO ANG NOON), de Lav Diaz (338′). FILIPINAS. Falado em filipino, tagalog, inglês. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 18 anos.

 

Sessão 2027 – 21:00

O SOL DO MARMELO (EL SOL DEL MEMBRILLO), de Víctor Erice (133′). ESPANHA. Falado em espanhol. Legendas em inglês. Legendas eletrônicas em português. Indicado para: 16 anos.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Mostra de Cinema de São Paulo 2014

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: