As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Diário da Mostra 2010: uma tarde na Cinemateca

Luiz Zanin Oricchio

23 de outubro de 2010 | 23h09

Mostra é maratona (nem sempre produtiva) mas é também feita de momentos especiais. Um deles foi hoje à tarde na Cinemateca. Vimos Rachomon em cópia restaurada, conhecemos a gracinha de pessoa que é Teruyo Nogami, assistente de Kurosawa por 50 anos e pegamos um autógrafo do seu livro. Teruyo escreveu sobre essa experiência em À Espera do Tempo, que resenho hoje no Sabático (amanhã coloco o texto no blog). De quebra, meu amigo, o produtor Donald Ranvaud, me apresentou a Wim Wenders, que estava por lá para falar dos filmes da vida dele. Foi tudo muito legal. Tanto que Rô e eu voltamos para casa em seguida. Para curtir a tarde sem interferência de hipotéticos filmes da noite. Amanhã tem mais.

Mais conteúdo sobre:

CinematecaKurosawaWenders