Diário da Mostra 2010: Filme alemão vence o festival
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Diário da Mostra 2010: Filme alemão vence o festival

Luiz Zanin Oricchio

05 de novembro de 2010 | 10h29

Melhor Filme: QUANDO PARTIMOS (Die Fremde), de Feo Aladag (Alemanha)

Prêmio Especial do Júri: BEYOND (Svinalängorna), de Pernilla August (Suécia, Finlândia)

Melhor Atriz: NOOMI RAPACE, por Beyond (Suécia, Finlândia)

PRÊMIOS DO JÚRI (DOCUMENTÁRIOS):

Melhor Documentário: JARDIM SONORO (Niel Giardino Dei Suoni), de Nicola Bellucci (Suíça)

Prêmio Especial Do Júri: O SAMBA QUE MORA EM MIM, de Georgia Guerra-Peixe (Brasil)

PRÊMIOS DO PÚBLICO:

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro (Ficção) – BALIBO, de Robert Connoly (Austrália/ Timor Leste)

Melhor Documentário Estrangeiro – PENSE GLOBAL, AJA RURAL, (Solutions Locales pour un Désordre Global), de Coline Serreau (França)

Melhor Longa-Metragem Brasileiro (Ficção) – MENINOS DE KICHUTE, de Luca Amberg

Melhor Documentário Brasileiro – JOSÉ & PILAR, de Miguel Gonçalves Mendes

PRÊMIO DA CRÍTICA:

Melhor Filme: MISTÉRIOS DE LISBOA, de Raúl Ruiz (Portugal)

Menção Honrosa: CARLOS, de Olivier Assayas (França, Alemanha)

PRÊMIO ITAMARATY:
Melhor Longa de Ficção (R$ 45 mil): ROSA MORENA, de Carlos Oliveira
Melhor Documentário (R$ 30 mil): LIXO EXTRAORDINÁRIO, de Lucy Walker, João Jardim, Karen Harley
Melhor Curta-Metragem (R$ 15 mil): PIMENTA, de Eduardo Mattos
Prêmio Itamaraty pelo Conjunto da Obra: CARLOS REICHENBACH

PRÊMIO DA JUVENTUDE:

O MÁGICO (L’Illusioniste), de Sylvain Chomet (França, Inglaterra)

Tudo o que sabemos sobre:

Mostra de Cinema de SPvencedores

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: