As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Diário da Itália (12) Birdwatchers – A palavra dos índios

Luiz Zanin Oricchio

01 de setembro de 2008 | 06h26

VENEZA – Bonito filme do argentino Marco Bechis sobre a realidade dos índios brasileiros. O filme está inscrito como italiano, pois é daqui que vem a maior parte do capital. É interpretado por índios e atores brasileiros (Leo Medeiros, Matheus Nachtergaele, etc.) É um filme mais brasileiro do que muitos que já vi, assinados por diretores brasileiros. Mas esta questão da nacionalidade dos filmes tornou-se uma grande e polêmica questão. Volto a ela depois. Agora vou assistir à coletiva do filme.

Obs: escrito depois da entrevista: Foi uma entrevista emocionante, e não apenas para nós, brasileiros, que estávamos na sala. Os italianos ficaram comovidos com a presença de quatro índios brasileiros. O depoimento mais forte foi da indígena Eliane Juca da Silva que disse aos europeus: “Vocês estão olhando para mim e eu estou olhando para vocês. Nós também temos uma cultura, uma língua, uma forma de vida. E tudo isso está sendo destruído”. O porte altivo da mulher impressionou a todos. E o filme, que estréia amanhã em 59 salas na Itália (e em dezembro no Brasil), é uma forte denúncia da extinção dos povos indígenas no Brasil. Num momento em que a questão da demarcação das terras anda em compasso de espera, é mais do que oportuno.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.