As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dercy Gonçalves

Luiz Zanin Oricchio

06 de julho de 2008 | 00h11

PAULÍNIA – Bem, há homenagens para todos os gostos aqui em Paulínia. Mas uma foi das mais merecidas e interessantes foi a Dercy Gonçalves, com seus 102 anos bem vividos. Ao agradecer, Dercy disse que, com toda essa idade, não estava mais ouvindo p…nenhuma. E pediu perdão se falasse alguma besteira, desculpável em sua condição. Assim fazendo, mandou um beijo na b…de cada um na platéia. Saiu de cena dizendo que, para receber essa homenagem a esta altura do campeonato, deveria ter feito alguma coisa de bom na existência. “E fiz mesmo, sempre amei a minha pátria”, disse, para quem quisesse ouvir. Grande Dercy. De todas as palavras que usou, talvez a mais obscena, para alguns ouvidos, tenha sido esta última.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: