As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Democracia corintiana

Luiz Zanin Oricchio

08 de abril de 2009 | 09h23

Recebi um e-mail, que transcrevo abaixo, do diretor do filme Democracia Corintiana. Não conheço a obra, em processo de finalização. Refere-se a um dos momentos importantes do futebol brasileiro, quando as relações tão autoritárias entre cartolas e jogadores ganharam cunho mais civilizado. Além disso, como na época o Brasil vivia sob uma ditadura militar, um clube popular implantar uma democracia interna significava ato de resistência política. Outro dia, assistindo ao filme Fiéis, sobre o Corinthians, na pré-estreia do Unibanco Arteplex, tive o prazer de ver de perto o lateral-esquerdo Wladimir, um dos artífices da Democracia Corintiana. Grandes figuras, ele, Sócrates, Casagrande e outros. Não sei se o filme vai ser bom ou não, mas certamente aborda um período que vale a pena ser relembrado. Mesmo porque não houve nada de tão moderno no futebol brasileiro, desde então. Abaixo, o texto do e-amail:

“Olá, Luiz Zanin

Meu nome é Gustavo Forti Leitão e sou o diretor do filme “Ser Campeão é Detalhe – Democracia Corinthiana”, sobre o período histórico da Democracia Corinthiana.

Com 26 minutos, o documentário está praticamente finalizado. No entanto, ainda procuramos recursos para pagar as imagens de arquivo, sem as quais o filme não pode ser veiculado.

Gostaríamos de aproveitar essa semana que estréia o filme “Fiel” para pedir o seu apoio veiculando alguma notícia sobre nosso filme e situação. Estamos disponíveis para entrevistas.

Também nos disponibilizamos para entregar uma cópia do filme EM MÃOS qualquer dia dessa semana para possível crítica ou resenha.

Aqui está o link para o TRAILER (http://www.vimeo.com/4050320).”