As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

De volta

Luiz Zanin Oricchio

14 de janeiro de 2009 | 13h52

Foram férias repousantes, pelo menos do ponto de vista intelectual. Cansei o corpo, poupei os miolos. Nadei, caminhei pela praia, pedalei. Foi bom. Em compensação, li e assisti a filmes de maneira moderada. Pouco, para o meu ritmo habitual. Mesmo assim, algumas coisas boas. Algumas releituras, como por exemplo Dom Casmurro, motivada pela microssérie de Luiz Fernando Carvalho, Capitu. Já li e reli esse romance várias vezes, mas fazia alguns anos que não o visitava. Digo visitar porque quando se volta a um livro amado é como rever uma casa conhecida, da nossa infância. Foi bom entrar em contato de novo com ele. Curioso, Memórias Póstumas de Brás Cubas continua meu Machado favorito. Mas talvez Dom Casmurro seja um tantinho superior, se a comparação é cabível. É o suprassumo da sutileza. Uma besteira resumi-lo à traição ou não de Capitu.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.