As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

De leituras e não leituras

Luiz Zanin Oricchio

08 Março 2007 | 13h44

Como o post anterior gerou comentários interessantes, e dos quais gostei muito, pediria licença para agregar algumas provocações, aqui do meu retiro na Serra do Japi. Oscar Wilde dizia que não devemos ler os livros que pretendemos resenhar para não nos deixarmos influenciar por eles. Já Bernard Shaw afirmava que as pessoas liam livros porque tinham preguiça de pensar por si mesmas. E Virginia Woolf escreveu que o hábito da leitura era muito perigoso: ler seria como abrir a porta de casa para uma horda de rebeldes. O que acham?