As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Danado de Bom vence o Cine PE 2016

Luiz Zanin Oricchio

09 de maio de 2016 | 00h28

O compositor, sob a árvore que marcou sua infancia.

O compositor, sob a árvore que marcou sua infância.

 

RECIFE- O documentário ‘Danado de Bom’, de Deby Brennand, sobre João Silva, parceiro menos conhecido de Luiz Gonzaga, foi o melhor filme do Cine PE segundo o júri oficial. Se você leu minha crítica, sabe que gosto do filme (Leia no post anterior). No entanto, haveria outras opções para o júri, caso ele tivesse olhos para concorrentes mais originais e empenhados, como Guerra do Paraguay (rendeu um prêmio especial para o diretor, Luiz Rosemberg) e O Prefeito, de Bruno Safadi, que saiu de mãos abanando. Já Leste/Oeste, de Rodrigo Grota, levou os dois prêmios principais de Interpretação: ator (Felipe Kannenberg) e atriz (Simone Iliescu). Este eh um filme interessante, sobre o qual deveremos muito falar no futuro. Merecia mais.

Enfim, sempre há polêmica na distribuição de prêmios. Mas, ao menos, se pede alguma coerência e nem sempre esteve presente na premiação. Por sorte, a crítica fez a coisa certa e escolheu como melhor filme Guerra do Paraguay, estimulante, original e reflexivo trabalho de Rosemberg.

Abaixo, a lista completa.

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS

Melhor Filme: Danado de Bom (PE), de Deby Brennnad
Direção: Rodrigo Gava, por As Aventuras do Pequeno Colombo (RJ)
Roteiro: Caio Sóh, por Por Trás do Céu (SP)
Fotografia: Jane Malaquias, Pablo Nóbrega e Pedro Von Kruger,por Danado de Bom (PE)
Montagem: Jordana Berg, por Danado de Bom (PE)
Edição de Som: Ernesto Sena e Antonio de Pádua, por Danado de Bom (PE)
Trilha Sonora: Ary Sperling, por As Aventuras do Pequeno Colombo (RJ)
Direção de Arte: Ana Isaura, Zeno Zanardi e Kennedy Mariano, por Por Trás do Céu (SP)
Ator Coadjuvante: Renato Góes, por Por Trás do Céu (SP)
Atriz Coadjuvante: Paula Burlamaqui, por Por Trás do Céu (SP)
Ator: Felipe Kannenberg, por Leste Oeste (PR)
Atriz: Simone Iliescu, por Leste Oeste (PR)
Prêmio Especial do Júri: para o cineasta Luiz Rosemberg Filho, pelo conjunto de sua obra e contribuição ao cinema brasileiro
Prêmio da Crítica (júri da Abraccine): Guerra do Paraguay, de Luiz Rosemberg Filho (RJ)
Prêmio do Júri Popular: Por Trás do Céu, de Caio Sóh (SP)

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS NACIONAIS

Melhor Filme: Redemunho, de Marcélia Cartaxo (PB)
Direção: Marcello Sampaio, por O Coelho (RJ)
Roteiro: Marcélia Cartaxo e Virginia de Oliveira, por Redemunho (PB)
Atriz: Ingrid Cairo, por O Coelho (RJ)
Ator: Daniel Porpino, por Redemunho (PB)
Fotografia: Marcello Sampaio, por O Coelho (RJ)
Direção de Arte: Hermerson Souza, por This is not a Song of Hope (PE)
Edição de Som: Alexandre Barcellos e Felipe Mattar, por Das Águas que Passam (ES)
Trilha Sonora: Lívio Tragtemberg, Naná Vasconcellos e Villa Lobos, por Gramatyka (DF)
Montagem: Guto BR, por O Último Engolervilha II (RJ)
Prêmio do Júri Popular: O Coelho, de Marcello Sampaio (RJ)
Prêmio da Crítica (júri da Abraccine): Paulo Bruscky, de Walter Carvalho (PE)

Prêmio Canal Brasil: Redemunho, de Marcélia Cartaxo (PB)

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS PERNAMBUCANOS

Melhor Filme: Maria, de Carol Correia
Direção: Tauana Uchôa, por Não Tem Só Mandacaru
Prêmio do Júri Popular: Diva, de Luiz Rodrigues Jr.

 

Mais conteúdo sobre:

Cine PE 2016vencedores