Com 90 filmes e debates, começa hoje o Santos Film Festival
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Com 90 filmes e debates, começa hoje o Santos Film Festival

Luiz Zanin Oricchio

22 de junho de 2021 | 12h18

Começa hoje a 6ª edição do Santos Film Festival, com quase 90 filmes entre longas e curtas-metragens, de acordo com seu organizador, o crítico André Azenha. 

Além dos filmes, o evento, que vai até dia 29, programou uma série de debates e bate-papos com gente ligada ao cinema e às artes, como o ator Sérgio Mamberti e o escritor Ferréz, autor de Capão Pecado. O Santos Film Festival homenageia este ano os cineastas Andréa Pasquini e Rodrigo Aragão, com retrospectivas de suas obras. 

A seleção incluiu a produção regional da Baixada Santista, filmes de todo o território nacional e também estrangeiros, como Antonin Artaud’s The Theatre and the Plague (O Teatro e a Peste de Antonin Artaud), de Wolfgang Pannek. 

A programação será predominantemente online e gratuita na plataforma do festival: https://filmesdosantosfilmfest.com/

Abaixo, a relação completa dos filmes. Atente para as datas de exibição pois nem todos estarão disponíveis durante todo o evento. Para mesas de debates, bate-papos e outras atividades, consulte o site. https://santosfilmfest.com/

PROGRAMAÇÃO DE FILMES:

CURTA DE ANIMAÇÃO NACIONAL (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H01 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

 

Eternidade, 2`43`, 2021, direção: Lara Mendes Salsa, Recife, PE      

Livre-se, 03’27”, 2020, direção: Matheus Lopes e Vinícius de Lima, São Paulo, SP   

Minha Primeira Memória, 08`21“, 2020, direção: Lara Mendes Salsa, Recife, PE   

O Celaticomus, 17’04”, 2020, direção: Marcelo Tannure, Vitória, ES  

O Mundo de Clara, 7`, 2019, direção: Ayodê França, Recife, PE        

– Peixinho, 5’12’, 2021, Direção: Edson Germinio, Belo Horizonte, MG  

Rasga Mortalha, 14`, 2019, direção: Thiago Martins de Melo, Niterói, RJ

 

CURTA-METRAGEM DE FICÇÃO NACIONAL (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H01 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

 

Bago Sujo, 15`, 2021, direção: Giordanna Forte, Porto Alegre, RS      

Descontrole, 14’30”, 2021, direção: Guilherme G. Pacheco, Caxias do Sul, RS  

Duda, 12’06”, 2021, direção: Carol Lobo, Taubaté, SP       

E Agora Você, 14’14”, 2020, direção: Edson Lemos Akatoy, João Pessoa, PB   

Esta é a República Aristocrática, 12”, 2021, direção: Marcelo Mendes, Brasília, DF

Nada Além de Mim, 11`06“, 2021, direção: Thiago Lopes, São Paulo, SP           

 

 

CURTA-METRAGEM DE DOCUMENTÁRIO NACIONAL (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H01 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

 

Cartas para Cecília, 30″, 2021, direção: Denise Szabo, São Caetano do Sul, SP

O Gaiteiro que Desceu da Caravela, 14`55“, 2021, direção: Juan Quintáns, Porto Alegre, RS

Por Favor, Socorro, 19’22’’, 2021, direção: Sinval de Abranches, Juiz de Fora, MG

Posso Fazê Nada!, 20′, 2021, direção: Welyton Crestani, Curitiba, PR

Pra se Manter São, 18`30“, 2020, direção: Renato Caetano, São Paulo, SP

República das Saúvas, 14’56”, 202, direção: Piero Sbragia, São Paulo, SP

 

 

 

REGIONAL BAIXADA SANTISTA (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H01 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

                           

Corrente Séria, 9`11“, 2019, direção: Tales Ordakji e Cibele Gonçalves, comédia, Santos, SP

Da Linha Pra Cá, 14`19“, 2020, direção: Glauber Gonçalves e Slim 2N, documentário, Santos, SP 

Doc de Domingo – Danilo Rodrigues, 09`26“, 2020, direção: Eduardo Ferreira e Gaspar Lourenço, documentário, Santos, SP      

Imagens De Um Sonho, 20’00”, 2019, direção: Leandro Olimpio, documentário, São Vicente, SP        

Llucmajor, 13’53”, 2019, direção: Bruno Landin, ficção-drama, São Vicente, SP

Madrugada, 07`02“, 2021, direção: Eduardo Tomas, Praia Grande, SP      

Pouca Farinha Muito Mar, 27´24´´, 2021, ficção, Santos, SP     

Shio (Maré), 14’49”, 2019, direção: Bruno Landin, documentário, São Vicente, SP

Sua Geração `Pela Minha, 16`19“, 2021, direção: Isabella Graça, comédia romântica, Praia Grande, SP      

                                                                          

MOSTRA HUMANIDADES – CURTA-METRAGEM (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H01 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

 

Carta ao Magrão, 11″, 2021, direção: Pedro Asbeg, documentário, Rio de Janeiro, RJ

Entreposto, 18’26”, 2019, direção: Gabriel Vilela e Lucas Xavier, documentário, Goiânia, GO

Gaz, 30′ 00″, 2020, direção: Helen Lopes, documentário, Almas, TO

Justiça e Igualdade, 11`, 2021, direção: Felipe Nepomuceno, documentário, Petrópolis, RJ

Licença Poética, 12’25”, 2019, direção: Ilaine Melo, documentário, Benedito Novo, SC

Megg – A Margem que Migra Para o Centro, 15`, 2018, direção: Larissa Nepomuceno, Eduardo Sanches, documentário, Curitiba, PR

Rosas do Asfalto, 19′ 49″, 2020, direção: Daiane Cortes, documentário, Brasília, DF

Utopia, 15’16”, 2021, direção: Rayane Penha, documentário, Macapá, AP

Veio de Resistência, 26’12”, 2019, direção: Elinaldo Rodrigues, documentário, Aracati, CE

Vozes da Rua, 4′, 2019, direção: Márcio Coutinho, documentário, Rio de Janeiro, RJ        

        

MOSTRA HUMANIDADES – LONGA-METRAGEM (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H01 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

                  

A senhora que morreu no trailer, 98`47“, 2020, direção: Alberto Camarero e Alberto de Oliveira, documentário, São Paulo, SP

A Terra Negra dos Kawa, 99`, 2019, direção: Sérgio Andrade, ficção, Manaus, AM   

Camadas das águas invisíveis, 65`, 2020, direção: Antonio Augusto Teixeira, documentário, Teresina, PI

Delírios – Filosofia e reflexão no túnel da morte, 71’48, 2021, direção: Marcelo Monteiro, documentário, Gravataí    , RS

Doidos de Pedra – O paraíso ameaçado, 105`, 2019, direção: Luiz Eduardo Ozório, documentário, Rio de Janeiro, RJ    

Madrigal para um Poeta Vivo, 75′, 201, direção: Adriana Barbosa e Bruno Mello Castanho, documentário, Vinhedo   , SP

Meio Irmão, 97’48”, 2020, direção: Eliane Coster, São Paulo, SP        

Nada que eu queria dizer, 63’36”, 2020, direção: Sergio Gag, documentário, São Paulo, SP  

Nas Asas da Pan Am, 110`, 2020, direção: Silvio Tendler, documentário, Rio de Janeiro, RJ

Pureza, 101”, 2019, direção: Renato Barbieri, Brasília, DF

Serráqueos, 84`, 2021, direção: Rodrigo Campos, documentário, Mogi das Cruzes, SP        

Vidas Barradas, 79” 43″  , 2019, direção: Cid Faria, documentário, Brasília, DF

 

 

CURTA-METRAGEM ESTRANGEIRO    (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H01 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

        

A Pelotas Caridosa – Poemas Lidos de Lobo da Costa, 26`46“, 2020, direção: Luís Fabiano Soares Gonçalves, ficção, Lisboa, Portugal    

A Última Morada de João Simões Lopes Neto, 24`45“, 2020, direção: Márcio Kinzeski, ficção, Lisboa, Portugal

Bedecked Embelezado, 6’45”, 2020, direção: Roderick Steel, documentário (experimental), São Paulo, SP

Contraços, 10`17“, 2020, direção: Ralph Campos e Renan Collier, suspense, Rio de Janeiro, Brasil e Portugal

Janelas pelo Mundo – AM to PM, título original: Windows to the World – AM to PM, 16`10”, 2020, direção: Bia Oliveira, comédia – dramática, Rio de Janeiro, Brasil e EUA     

Pisando No Vazio, título original: Pisahueco, 18`, 2018, direção: Sergio Fernández Muñoz, drama, Lima, Perú

 

 

LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO (SESSÕES COM DIAS E HORÁRIOS AGENDADOS

        

                  

O Teatro e a Peste de Antonin Artaud, título original: Antonin Artaud’s The Theatre and the Plague, 62’03”, 2020, direção: Wolfgang Pannek, filme poético experimental, São Lourenço da Serra, SP – Exibição: 27/06 às 17h, Reprise: 28/06 às 13h

 

Flávio Dornelles – Palcos de Minha Vida, 118`25“, 2018, direção: Luís Fabiano Gonçalves, documentário, Lisboa, Portugal – Exibição: 27/06 às 19h, Reprise: 28/06 às 15h

 

Era uma vez um povoado. – A história de Caimanes, título original: Había una vez un pueblo. – La historia de Caimanes, 76’28”, 2021, direção: Matías Palma, documentário Sócio Ambiental, Niterói, RJ – Exibição: 27/06 às 21h, Reprise: 28/06 às 17h

 

 

LONGAS-METRAGENS NACIONAL (SESSÕES COM DIAS E HORÁRIOS AGENDADOS

 

        

Chico Mario – A Melodia da liberdade, 139`, 2019, direção: Silvio Tendler, Rio de Janeiro, RJ – Exibição: 23/06 às 19h, Reprise: 24/06 às 15h

 

dElas, 68’21”,  2021, direção: Carolina Capelli, São José do Rio Preto, SP- Exibição: 23/06 às 121h, Reprise: 24/06 às 17h        

        

Extermínio, 72`17“, 2021, direção: Mirela Kruel, Cachoeira do Sul, RG – Exibição: 24/06 às 19h Reprise: 25/06 às 15h  

                 

– Lula Lá: De Fora Pra Dentro, 141’45”, 2021, direção: Mariana Vitarelli Alessi, Rio de Janeiro, RJ  Exibição: 24/06 às 21h, Reprise: 25/06 às 17h

 

Muribeca, 78′, 2020, direção: Alcione Ferreira & Camilo Soares, Recife, PE     Exibição: 25/06 às 19h, Reprise: 26/06 às 15h

 

O Artista e a Força do Pensamento, 90`, 2021, direção: Elder Fraga, São Paulo, SP – Exibição: 25/06 às 21h, Reprise: 26/06 às 17h

 

O Sonho do Inútil, 72`, 2021, direção: José Marques de Carvalho Jr, Rio de Janeiro, RJ     Exibição: 26/06 às 19h Reprise: 27/06 às 15h

 

Oxente, Bixiga!, 77`7“, 2021, direção: Daniel Fagundes e Fernanda Vargas, São Paulo, SP – Exibição: 26/06 às 21h, Reprise: 27/06 às 17h

 

Projeto Herdeiro de Baden Powel, 68`59“, 2021, direção: Fábio José Pimentel, Santo Antônio de Pádua, RJ- Exibição: 28/06 às 19h Reprise: 29/06 às 15h

        

Vira-Latas, 73`, 202, direção: Daniel Torres e James Salinas, São Paulo, SP – Exibição: 28/06 às 21h Reprise: 29/06 às 17h           

 

RETROSPECTIVA ANDREA PASQUINI (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H01 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

                        

A História Real, 15`, 2001, ficção

Fiel, 90`, 2009, documentário

Homem Centenário, 15`, 2010, documentário

Os Melhores Anos de Nossas Vidas, 65`, 2013, documentário

Sempre no Meu Coração, 52`, 2006, documentário

                                                                          

RETROSPECTIVA RODRIGO ARAGÃO (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H01 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

                           

A Mata Negra, 98`, 2018, terror

A Noite do Chupacabras, 95`, 2011, terror-ficção

As Fábulas Negras, 105`, 2014, terror

Mangue Negro, 105`, 2010, terror

Mar Negro, 105`, 2013, terror

O Cemitério das Almas Perdidas, 100`, 2020, terror

                                                                          

                                                       

ANIMAÇÃO – NOVOS OLHARES” (OS FILMES PERMANECEM EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H0H1 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

 

A Cidade Imortal, 2’18”, 2019, direção: Marco Túlio Rodrigues e Alunos do curso de Formação em Leitura e Animação do Projeto – Ilha da Imaginação – edição 2019, São Simão, GO

Dia do Manguezal, 8’31”, direção: Crianças dos Grupos 6A e 6B do CMEI Jacyntha Simões, Vitória, ES

Mata, 1`30“, 2020, direção: Ian Campos, Rio de Janeiro, RJ

Pig Brothers, 2’33”, 2019, direção: Julio Quinan e Alunos do curso de Formação em Leitura e Animação do Projeto Ilha da Imaginação – edição 2019, São Simão, GO

Renascida das Águas, 2’49”, 2019, direção: Julio Quinan e Alunos do curso de Formação em Leitura e Animação do Projeto Ilha da Imaginação – edição 2019, São Simão, GO

Star Pigs, 2’50”, 2019, direção: Marco Túlio Rodrigues e Alunos do curso de Formação em Leitura e Animação do Projeto Ilha da Imaginação – edição 2019, São Simão, GO

Vento Viajante, 6’10”, 2020, direção: Alunos da rede pública municipal de ensino fundamental de Icapuí/CE, Vitoria, ES

 

“Filmes feitos por alunos de oficinas e escolas.

 

SESSÕES ESPECIAIS

                                                                 

– Pré-estreia: Linha de Frente Brasil, 2021, documentário, de Elder Fraga – Exibição: 23/06 às 20h45, em nossa plataforma online e presencial no Cine Roxy (Av. Ana Costa, 443, Gonzaga)  

                  

– Especial: Vou Nadar Até Você, 107`, 2019, direção: Klaus Mitteldorf, ficção, 20h, em nossa plataforma          

 

– Lançamento: Zoantropia, 14`37“, 2021, direção: Wladimyr Cruz, ficção – (O FILME PERMANECERÀ EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H0H1 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

                                     

– Resgate histórico: A Moreninha, 96`, 1970, ficção (O FILME PERMANECERÁ EM NOSSA PLATAFORMA DURANTE TODO O FESTIVAL, DE 0H0H1 DE 23/06 ÀS 12H DE 29/06)

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Santos Film Festival