As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Clássico: decisão por pênaltis

Luiz Zanin Oricchio

16 de março de 2008 | 18h46

Claro que vai haver choradeira por parte do São Paulo. Afinal, não é todo dia que um clássico se define por três pênaltis. Acho que os três lances foram penais mesmo, ainda que Valdívia, que sofreu o primeiro, já chegue sempre caindo na dividida. Mas foi atingido. Enfim, deixo o debate da arbitragem para os outros. A meu ver não houve injustiça.

Na comparação entre os times, acho que fica o seguinte: o São Paulo continua muito dependente da sua melhor jogada – o cruzamento de Jorge Wagner para a área. Já o Palmeiras parece um time mais plástico, com maior variedade de jogadas para chegar ao gol. Luxemburgo está criando um time de repertório mais amplo e sai muito fortalecido desse clássico rumo às semifinais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.