As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bicicletas de Paris

Luiz Zanin Oricchio

17 de setembro de 2007 | 10h41

Desde junho existe em Paris um sistema muito legal de aluguel de bicicletas. Informatizado, permite que você pegue uma bike por meia hora (grátis), algumas horas ou o dia inteiro, ou ainda faça uma assinatura de até um ano, esta por 13 euros. Os estacionamentos de “vélos” existem em toda parte e são geridos eletronicamente. Quer dizer, você não aluga “uma” bicicleta – você se associa a um serviço. Com o cartão, desbloqueia a magrela disponível e circula até onde quiser; depois a deposita em outro lugar e isso é registrado. Quem é usuário de metrô ou ônibus (ou seja, todo mundo) pode incluir a bicicleta em sua carta de assinante. O veículo se integra assim à rede de circulação de Paris – e a torna mais humana. Conversei com muitas pessoas, todas entusiasmadas com o serviço. Com exceção dos taxistas (pelo menos aqueles com quem falei) que são contra por entenderem que as bicicletas atrapalham o tráfego.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.