Bacurau e Parasita, os melhores do Cinesesc
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bacurau e Parasita, os melhores do Cinesesc

Luiz Zanin Oricchio

19 de agosto de 2020 | 21h21

 

Um comentário rápido. A convergência de votos, tanto do público como da crítica, sobre o brasileiro Bacurau e o coreano Parasita, expressa o destaque que esses filmes tiveram sobre os demais. Dois belos filmes e que tocam fundo em questões prementes da atualidade. Bem elaborados em termos de linguagem, ambos. Assim, não se pode dizer que ganharam pelo “tema”, como às vezes acusam os formalistas.

Legal a premiação de Bixa Travesty pelo público como melhor documentário. Mas também gostei que a crítica tenha elegido Estou me Guardando pra Quando o Carnaval Chegar, consistente sobre o novo mundo do trabalho.

Revendo a votação, acho que acertei em tudo. A não ser na categoria melhor ator: cravei Antonio Banderas, por Dor e Glória, de Almodóvar, em lugar do favoritíssimo Joaquin Phoenix, que acabou vencendo, por Coringa.

 

PREMIADOS NACIONAIS

Melhor Documentário pelo Público – “Bixa Travesty” (Direção Claudia Priscilla e Kiko

Goifman)

Melhor Documentário pela Crítica – “Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar” (Direção Marcelo Gomes)

Melhor Fotografia pelo Público – Pedro Sotero (Bacurau)

Melhor Fotografia pela Crítica – Hélène Louvart (A Vida Invisível)

Melhor Ator Brasileiro pelo Público – Silvero Pereira (Bacurau)

Melhor Ator Brasileiro pela Crítica – Marco Nanini (Greta)

Melhor Atriz Brasileira pelo Público – Fernanda Montenegro (A Vida Invisível)

Melhor Atriz Brasileira pela Crítica – Grace Passô (Temporada)

Melhor Roteiro, Direção e Filme pelo Público e pela Crítica – Bacurau (Roteiro e direção Juliano Dornelles e Kléber Mendonça Filho)

 

PREMIADOS ESTRANGEIROS

Melhor Ator Estrangeiro pelo Público e pela Crítica – Joaquin Phoenix (Coringa)

Melhor Atriz Estrangeira pelo Público e pela Crítica – Lupita Nyong’o (Nós)

Melhor Direção Estrangeira pelo Público e pela Crítica – Bong Joon-Ho (Parasita)

Melhor Filme Estrangeiro pelo Público e pela Crítica – Parasita

 

Tudo o que sabemos sobre:

Melhores do ano Cinesesc

Tendências: