As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aventura, violência e morte no Acre

Luiz Zanin Oricchio

02 Janeiro 2007 | 16h07

Amigos, eis aí a matéria que escrevi hoje para o Caderno 2 sobre a minissérie Amazônia – de Galvez a Chico Mendes, e que está também no portal do Estadão:

A partir de hoje a história do Acre começa a rolar na tela da Globo – na versão da acreana Gloria Perez, autora da minissérie Amazônia – De Galvez a Chico Mendes. Nomes como Luiz Galvez e Plácido de Castro vão tornar-se familiares, vividos na telinha por José Wilker e Alexandre Borges. A série terá 55 capítulos e 40 deles se ambientam no passado distante – fim do século 19, começo do 20. O restante será trazido para bem próximo de nós. Passa-se no Acre dos anos 1980, com a luta e sacrifício do líder seringalista Chico Mendes, assassinado por sua militância política e ecológica. Na minissérie, Chico é interpretado por Cássio Gabus Mendes. Leia texto na íntegra