As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

As idéias do papa

Luiz Zanin Oricchio

10 Maio 2007 | 15h59

Acompanho, à distância, a visita do papa Bento XVI ao nosso país. Ouço-o recitar suas idéias: excomunhão de políticos pró-aborto, condenação do uso de camisinha, do segundo matrimônio, da interrupção da gravidez, dos preservativos. Encontrou-se com Lula, pediu privilégios para o catolocismo no Brasil e o presidente viu-se obrigado a lhe explicar que no País havia separação entre Igreja e Estado. Vindo para o jornal, parei o carro para a passagem de um enorme grupo de jovens que se dirigia ao Estádio do Pacaembu para ouvir o papa. Olhei para que aqueles moços e moças, saudáveis, barulhentos, bonitos. E pensei: vão lá escutar todo esse blá-blá-blá medieval, que vai lhes entrar por um ouvido e sair por outro. E continuarão alegremente a transar, a tomar a pílula, a usar camisinha, sem que seu comportamento seja minimamente alterado pelas palavras do pontífice. São palavras ao vento. E a vida é sábia.