As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aruanda 2010

Luiz Zanin Oricchio

17 de dezembro de 2010 | 20h17

JOÃO PESSOA
Segue aí abaixo a premição do 6º Fest Aruanda. Foi bem legal. Acompanhei como convidado e participante – estive em duas mesas de discussão: uma sobre a nouvelle vague, outra sobre a crítica cinematográfica. Foram ótimas. Conheci muita gente boa por aqui. Reforcei laços de amizade com os que já conhecia. Ampliei meus horizontes e tive momentos de muita alegria, infelizmente meio raros em minha cidade de origem. Convivi com Linduarte Noronha, cujo filme-manifesto do cinema moderno brasileiro empresta seu nome ao festival. Aruanda, o filme, completa 50 anos em 2010. É fundamental.

A temporada, enfim, foi ótima. Depois do festival, estiquei dois dias no Tambaú, que é um dos mais belos hoteis brasileiros, senão o mais belo. Um requinte de inteligência arquitetônica de Sérgio Bernardes. Quando se compara com a brutalidade da arquitetura atual, fica-se chocado. O hotel é dos anos 70. Em muitos sentidos, o País regrediu. Na arquitetura, isso é óbvio.

Enfim, seguem aí os prêmios.

MOSTRA COMPETITIVA

– MELHOR SOM: 1.21
– MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL: Guto Teixeira (O acaso e a borboleta)
– MELHOR FOTOGRAFIA: 1.21
– MELHOR MONTAGEM/EDIÇÃO: É muita areia pro meu caminhãozinho
– MELHOR ROTEIRO: Los Minutos, Las Horas
– MELHOR ATRIZ: Laura De La Uz, Por Los Minutos, Las Horas
– MELHOR ATOR: Gatto Larsen, Por Ensaio De Cinema
– MELHOR DIREÇÃO: Allan Ribeiro, Por Ensaio De Cinema
– PRÊMIO RODRIGO ROCHA DE MELHOR CURTA UNIVERSITÁRIO: Feliz Desaniversário
– TROFÉU NEPPAU MELHOR CURTA PARAIBANO: O Contador de Filmes
– MELHOR DOCUMENTÁRIO PARAIBANO: Menino Artífice
– MELHOR CURTA EXPERIMENTAL: 1.21
– MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO: O Acaso e a Borboleta
– MELHOR DOCUMENTÁRIO: É Muita Areia Pro Meu Caminhãozinho
– MELHOR FICÇÃO: Ensaio de Cinema
– JÚRI POPULAR: Menino Artífice
– JÚRI POPULAR MELHOR CURTA NACIONAL: Eu Não Quero Voltar Sozinho
– JÚRI POPULAR MELHOR LONGA NACIONAL: Uma Noite em 67
– TROFÉU BNB DE MELHOR FILME COM TEMÁTICA NORDESTINA: Vela ao Crucificado

MELHOR PEÇA PUBLICITÁRIA
All Star, da Universidade Mackenzie de São Paulo

– MELHOR INTER PROGRAMA
Nipon, da Universidade Federal da Bahia

– MELHOR REPORTAGEM DE TV UNIVERSITÁRIA
Carreiras, da Universidade Mackenzie de São Paulo

– MELHOR PROGRAMA DE TV UNIVERSITÁRIA
Quarto Mundo Invertido, da Universidade de São Paulo (Usp)

– MELHOR DOCUMENTÁRIO PARA TV UNIVERSITÁRIA: Rainhas, da Tv Usp

– MELHOR REPORTAGEM DE TV UNIVERSITÁRIA: Carreiras, da Universidade Mackenzie de São Paulo

O júri ainda outorgou menções honrosas para Babau Para Todos, da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e Programa Invertido, da Universidade Mackenzie de São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:

Aruandacinema brasileirofestival de cinema

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: