Amor vence o “César”
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Amor vence o “César”

Luiz Zanin Oricchio

22 Fevereiro 2013 | 20h53

Amor, de Michael Haneke, ganhou os troféus de melhor filme, direção, atriz (Emmanuelle Riva), ator (Jean-Louis Trintignant) e roteiro original (Haneke).

Vitória acachapante, de um filme que vem faturando tudo o que encontra pela frente – já venceu a Palma de Ouro em Cannes, o Globo de Ouro, e domingo compete no Oscar, também como favorito (ao menos no quesito filme estrangeiro).

É mesmo um filmaço, toca em temas difíceis como velhice, doença, dependência e…bem, melhor não dizer para quem não viu. Não é que vá estragar o prazer, porque prazer não há, mas a surpresa faz parte da, digamos, “retórica” de Haneke.

Argo também ganhou mais uma: é o melhor filme estrangeiro do ano, para os franceses.

O palmarès completo vai abaixo:

Melhor atriz estreante

Izia Higelin em Mauvaise fille

Melhor primeiro filme

Louise Wimmer realizado por  Cyril Mennegun

Melhor ator coadjuvante

Guillaume de Tonquedec em Le prénom

Melhor filme de animação

Ernest et Célestine realizado por Benjamin Renner, Vincent Patar et Stéphane Aubier

Melhor adaptação

Jacques Audiard et thomas Bidegain por De rouille et d’os

Melhor ator estreante

Mattias Schoenaerts em  De rouille et d’os

Melhor fotografia

Romain Winding por Les Adieux à la reine

Melhor som

Antoine Deflandre, Germain Boulay et Eric Tisserand por Cloclo

Melhor filme estrangeiro

Argo de Ben Affleck

Melhor música original

Alexandre Desplats por De rouille et d’os

Melhor roteiro original

Michael Haneke por Amour

Melhor atriz coadjuvante

Valérie Benguigui em  Le prénom

Melhor documentário

Les invisibles realizado por Sébastien Lifshitz

Melhor direção de arte

Katia Wyszkop por Les Adieux à la reine

Melhor montagem

Juliette Welfling por De rouille et d’os

Melhor figurino

Christian Gasc por Les Adieux à la reine

Melhor curta-metragem

Le cri du homard realizado por  Nicolas Guiot

Melhor diretor

Michael Haneke por Amour

Melhor atriz

Emmanuelle Riva em  Amour

Melhor ator

Jean-Louis Trintignant em  Amor

Melhor filme

Amor 

Produzido por  Margaret Menegoz (Les films du losange), réalisé par Michael Haneke

Um  César d’honneur foi atribuído a Kevin Costner