As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Acordo ortográfico: uma boa ideia?

Luiz Zanin Oricchio

27 de maio de 2008 | 20h05

O título não está errado. É assim mesmo que você terá de escrever “ideia”, sem acento agudo, a partir do ano que vem, quando passa a vigorar o acordo ortográfico entre países de língua portuguesa. Qual a vantagem? Nenhuma, que eu veja. Todos nós nos entendemos muito bem (ou muito mal), escrevendo fato ou facto, económico ou econômico. O custo? A reimpressão de milhares de livros, além da obrigação de enfiar na cabeça das crianças, e de todos nós, as novas regras de ortografia. Não parece falta do que fazer?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.