A relatividade dos mortos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A relatividade dos mortos

Luiz Zanin Oricchio

17 de abril de 2007 | 16h59

morro
Policiais transportam três mortos no confronto do Morro da Mineira, no Rio

O mundo todo parou, em estado de choque, para refletir sobre os mortos da universidade de Virgínia. Já estes aqui, amanhã estarão esquecidos. Afinal, são apenas mais 14 vítimas da interminável e não declarada guerra civil brasileira. Como as moedas, também os cadáveres têm seus valores relativos.