As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A polêmica de ‘O Cangaceiro’

Luiz Zanin Oricchio

13 de dezembro de 2010 | 23h16

A Cinemateca Brasileira está anunciando o lançamento da cópia restaurada de O Cangaceiro, de Lima Barreto, um dos maiores (senão o maior) sucesso internacional do cinema brasileiro. Ganhou o prêmio de melhor filme de aventuras no Festival de Cannes de 1953 e foi distribuído para inúmeros países. A Cinemateca anuncia, também, o lançamento do filme em DVD. E é aí que a porca pode torcer o rabo, pois o cineasta Paulo Duarte garante que detém os direitos do filme para home video (DVD e Blue-ray) por cinco anos. Pretende lançá-lo, ano que vem, com vários extras, entre os quais o documentário O Velho Guerreiro não Morrerá – o Cangaceiro de Lima Barreto 50 anos depois, de sua autoria. A seguir, entre aspas, a mensagem enviada por Paulo Duarte:

” Eu sou o detentor, pelos próximos 5 anos, do filme “O Cangaceiro” para home-video (DVD e Bluray), direitos estes adquiridos por contrato com a Vera Cruz
antes dela ser repassada ao Minc.
Pois bem, a Cinemateca está realizando o restauro do filme e sabe que possuo os direitos para lançamento do DVD.

No entanto, começou a circular a informação de que eles irão lançar o dvd do filme no ano que vem, o que não é verdade.

Só eu posso fazer o uso do direito de exploração comercial do dvd do Cangaceiro, e além disso, o farei colocando como extra, meu documentário “O Velho Guerreiro Não Morrerá – O Cangaceiro de Lima Barreto 50 Anos Depois” com depoimentos de Anselmo Duarte, Fernando Meirelles, entre muitos outros e o doc em questão é ganhador de vários prêmios em Festivais Nacionais “Melhor Documentário Brasileiro Independente” no Festival Gramado Cinevideo, Melhor Filme, Melhor Documentário e Melhor Edição no Festival de Cinema de Santa Maria, Melhor Filme no Festival RECINE (Cinema de Arquivo) – Rio de Janeiro, entre outras dezenas de participações e menções em outros Festivais de prestígio.

Vejam bem, o filme está sendo restaurado, SIM. A Cinemateca tem o direito para usar o filme em 35 mm por aí? SIM. Podem lançar o filme em DVD antes de mim?
NÃO.”

A palavra, agora, está com a Cinemateca Brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:

LIma BarretoO Cangaceiropolêmicarestauro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: