As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A NET e os direitos do consumidor

Luiz Zanin Oricchio

08 Fevereiro 2007 | 11h50

Acabei de receber um telefonema da NET propondo a passagem do sistema analógico para o digital. Sem custo. E com um mês de demonstração grátis do pacote de canais mais caro – o Gold. Perguntei à moça se, junto com a tecnologia digital, eu recuperaria os canais que foram subtraídos da grade há alguns meses: a TV-5 francesa, a TV espanhola e a CNN em espanhol. Ela disse que não: eu os teria de volta durante o mês de promoção. Se quisesse mantê-los depois disso teria de pagar mais R$ 35 do Gold. Perguntei a ela se achava justo que, tendo eu assinado um pacote com a programação de minha preferência, tivesse perdido alguns canais e agora, para recuperá-los, fosse obrigado a pagar uma mensalidade mais cara. Não soube me responder e, claro, a decisão de grades e preços não passa pela mocinha do telemarketing, que “vai estar mandando” um técnico amanhã em minha casa.

Pois bem, e eu “vou estar protestando” contra a NET. Por que paguei por um pacote que continha a TV-5 e a TVE e CNN em espanhol e agora, se quiser tê-los de volta, terei de gastar mais R$ 35? É certo isso? Onde estão os direitos do consumidor?