As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

The best of western

Luiz Carlos Merten

04 de agosto de 2012 | 12h11

Fernando Severo pede minha opinião sobre a lista de 50 melhores filmes de ‘Sight and Sound’, que a revista publica de dez em dez anos e eu prometo conferir no link que ele mandou. Também agradeço ao Mário Kawai  pelas observações sobre o ‘Kurosawa’ de Chris Marker. Não sei onde estava que perdi a retrospéctiva do diretor, acho que no CCBB. Cheguei a procurar no Doc Center do ‘Estado’ e quem fez a matéria foi o Zanin. Devia estar fora? Talvez… Mas agora quero falar de outra coisa. Ao chegar em casa encontrei ontem um pacote de DVDs da Paramount, coim o blu-ray de ‘Wings’, de William H. Wellman, cuja restauração, como parte das comemorações do centenário da empresa, foi objeto de uma recente matéria que fiz no ‘2’. Embora a capa tenha a mesma textura de outros lançamentos de alguns desses títulos, não me lembro do selo ‘The Best of Western’. Recebi seis bangue-bangues. ‘Matar ou Morrer’, ‘Os Brutos também Amam’, ‘Eldorado’ e ‘Rio Lobo’, ‘Caminhos Ásperos’ e ‘Jake Grandão’. Praticamente só ‘Hondo’, Caminhos Ásperos, é pródigo em extras, incluindo uma visita aos arquivos da Batjac, a empresa produtora de John Wayne. ‘Os Brutos também Amam’ tem comentários de George Stevens Jr. e Ivan Moffat, ‘Eldorado’ tem trailer de cinema. Amo o gênero, mas, curiosamente, gosto menos de ‘Matar ou Morrer’, um raro western considerado ‘sério’ (por literatos que não curtem o cinema das pradarias), que dos dois de Howard Hawks no pacote. Sempre curti James Caan como o jovem pistoleiro de má pontaria que serra o cano de seu rifle para ser certeiro em ‘Eldorado’ e me encanta como Duke Wayne integra o antigo inimigo, o jovem Jorge Rivero, ao rol dos amigos em ‘Rio Lobo’. Se não tivesse o André Luiz Oliveira no início da noite – e se não quisesse ver, à tarde, alguma coisa no Festival Asiático -, juro que ia ficar em casa curtindo faroestes em companhia de minha ‘neta’, a Angel, buldogue da Lúcia, que adora compartilhar o sofá comigo.