As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Serpico no Lava-Jato

Luiz Carlos Merten

18 Outubro 2015 | 17h42

Todo mundo pode errar, eu que o diga. Mas alguém informe a Elio Gaspari, por favor. Não costumo ler a coluna dele, mas li hoje no lobby do hotel, enquanto esperava o transporte para o aeroporto de Belo Horizonte. No quadro do Lava-Jato, Gaspari cita Al Pacino e diz que o ator ganhou o Oscar por seu papel de policial honesto em Serpico. Na verdade, Pacino ganhou o Oscar por Perfume de Mulher. Mas ele faz, sim, um policial honesto em Serpico. Isola-se cada vez mais por isso, ao combater a corrupção dos colegas. É um belíssimo filme. Para seu governo, e do de Gaspari, passa amanhã na TV paga – à 0h25 (já de terça), no TCM.