As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Repescagem

Luiz Carlos Merten

03 de novembro de 2012 | 14h21

Não comentei nada sobre a premiação da Mostra, exceto que fiquei feliz por meu candidato – ‘A Bela Que Dorme’, de Marco Bellocchio – haver ganhado o prêmio da crítica. Torcia também por ‘O Som ao Redor’, de Kléber Mendonça Filho, mas nã0 havia clima e não insisti. Um ás na manga teria sido ‘Além das Montanhas’, do Mungiu, sempre esqueço o primeiro nome dele. Puta filme mais rigoroso, e a mise-en-scène, com aqueles planos-sequências… Demais. Ontem, no início da repescagem, assisti a dois filmes que havia perdido – ‘Os Selvagens’, do argentino Alejando Fadel, interessante, incandescente, mas que me deixou meio confuso quanto às intenções do diretor, e ‘We Came Home’, que venceu o prêmio do júri de melhor documentário e estou tentando entender até agora o que dois caras que respeito pra caralho, como Amir Labaki e Sergio Machado, viram no filme e eu não vi, embora não tenha ficado tão indignado quanto Maria do Rosário Caetano e Luiz Zanin Oricchio, a quem encontrei no fim da sessão (e ambos bufavam). Em termos de repescagem, estou programado para ver amanhã, no CineSesc, ‘Lawrence da Arábia’, à tarde, e à noite o vencedor do troféu Bandeira Paulista como melhor ficção, segundo o júri – ‘Preenchendo o Vazio’, da israelense Rama Burshtein. Passados o Festival do Rio e a Mstra, a vida, como o cinema, retoma a ‘normalidade’, seja lá o que isso significa. Preciso ver urgente o ‘Frankweenie’, de Tim Burton. Mesmo que não goste mais – muito – do diretor, o trailer me encantou. Fiquei amarrado naquele cão frankenstein.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.