As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Potemkin?

Luiz Carlos Merten

02 de maio de 2013 | 23h49

RIO – Confesso que não gostei muito de Sagatio – Histórias de Cinema. O curta de Amaro Jr.  vale como homenagem, mas não está à altura de seu personagem, o chefe-eletricista do Paraná,  hoje radicado em Pernambuco. João Sagatio lembra artistas com quem trabalhou e o depoimento dele sobre Mazzaropi iria enriquecer bastante o documentário de Celso Sabadin sobre o jeca. Mas confesso que uma coisa me deixou chapado em Sagatio. É quando ele fala da parceria com Anselmo Duarte. Sempre achei que a cena da escadaria da igreja em O Pagador de Promessas, quando Zé do Burro troca olhares com a imagem das santa, carregada em procissão, era a melhor do filme, mas nunca a tinha visto descontextualizada, ‘fora’ do filme. Sagatio conta como foi feita, sem, steadycam, A cena é prodigiosa. E, sim, a apresentação, por ele, do cenário da igreja, com a escadaria, reforçou uma velha impressão que tenho. Pagador de Promessas é o nosso Potemkin,. embora a cena famosa da escadaria de Odessa também inspire o Glauber Rocha de Deus e o Diabo, na subida para Monte Santo. Teria de falar mais sobre o assunto, mas a lan house está fechando. Nada da premiação do Recife. Ambos os assuntos terão de ficar para amanhã.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.