As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Oscars…

Luiz Carlos Merten

18 de fevereiro de 2014 | 09h31

PARIS – Acabo de ler um artigo interessante em USA Today, no lobby do hotel. O jornal comenta a corrida do Oscar e lembra que existem nove filmes concorrendo ao prêmio. A se julgar pelos prognósticos, parece que só existem três – 12 Anos de Escravidão (Steve McQueen), Trapaça (David O. Russell) e Gravidade (Alfonso Cuarón). Vou fazer meu mea culpa. Ontem, na rádio, esqueci-me completamente do Cuarón e fiquei só no 12 anos e no Ela (de Spike Jonze). É meu candidato do coração, embora continue torcendo para que McQueen ganhe, porque seu filme, além de importante, é muito bom. USA Today lista vários casos de divórcio entre prêmios de filme e direção, ou de azarões que derrotaram favoritos. O jornal entrevistou responsáveis por sites de apostas. A maioria põe 12 Anos na cabeça, mas, cada vez mais, há um movimento por Gravidade. O tempo corre. Aproxima-se o dia 2. É, de novo, tempo de Oscar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.