As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O mundo em perigo

Luiz Carlos Merten

19 de junho de 2015 | 15h08

LOS ANGELES – Ontem, depois de entrevistar Joe Manganiello, que faz um dos strippers de Magic Mike XXL – ele também é o lobisomem de True Blood -, subi para o quarto para resolver um problema com o cartão do banco (o Bradesco virou o meu tormento) e, por cacoete, dei uma zapeada na TV paga. Não acreditei. Passava Them! O Mundo em Perigo, Gordon Douglas, 1954. Nos anos 1950, Hollywood fez muitas fantasias científicas sobre o perigo atômico. Um tema recorrente virou o gigantismo de insetos. Na fantasia de Gordon Douglas, as formigas crescem e viram monstros que atacam humanos, destroem cidades. Nos anos 1960, quando via Rio Conchos, Chuka/Revólver de Um Desconhecido e Sílvia e achava Douglas um dos grandes (pouco reconhecidos) do cinema, passei a cultuar O Mundo em Perigo, mesmo tendo só uma vaga lembrança do filme a que assistira quando criança. Ontem, ao rever, confirmei que Douglas era, sim., f… O melhor filme da tendência? É pouco. É curioso, mas naquela loja de livros do Hollywood Boulevard a que sempre vou quando estou aqui, perguntei se havia algum livro sobre ele. Devia haver uns 50 sobre Alfred Hitchcock e uns 30 sobre John Ford, mas nenhum sobre Gordon Douglas. Às vezes fantasio que deveria escrever esse livro, como outro sobre Luchino Visconti.