As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Notre Dame de Paris!

Luiz Carlos Merten

01 Fevereiro 2013 | 08h37

PARIS – Mal acredito que estarei em Paris neste sabado. Voces que me leem sabem que tenho uma fixacao pela catedral de Notre Dame, a unica, que me lembro, que originou um grande livro muitas vezes filmado, Notre Dame de Paris, e aproveitando a deixa de Victor Hugo, nao percam o musical Os Miseraveis, que estreia hoje. Mas, de volta a Notre Dame, a catedral me emociona nao sei se por que ali dentro eu tenho sentimdentos misticos – e eles me veem pela magnificencia da criacao humana; aquilo eh uma obra-prima feita por artesaos anonimos, todos empenhados em construir um monumento aa gloria de Deus (e aa gloria deles). Mas, enfim, Notre Dame festeja em 2013 seus 850 anos e hah dois ou tres eu ouco falar nos novos sinos, que foram fundidos segundo tecnicas artesanasis que remontam ha seculos. Pois os sinos estaoh prontos, chegaram ontem a Paris e jah foram instalados, aa espera, amanhah, da consagracao. Uma cena que nunca saiu da minha cabeca eh aquela, na versao de O Corcunda de Notre Dame por William Dieterle, em que Charles Laughton, feliz por haver resgastado Maureen O`Hara – a mais bela Esmeralda da tela -, agarra-se aos sinos e os faz tocarem, numa alegria selvagem que marca, como sempre chez Victor Hugo, o triunfo (mesmo que somente moral) dos deserdados. Os sinos vao soar de novo neste sabado, e eu estarei lah para curtir o momento.