As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mostra (15)/Chore, Argentina

Luiz Carlos Merten

26 Outubro 2018 | 22h38

Tentei ver agora à noite o filme da Dilma (Roussef), A Torre das Donzelas. A assessoria me havia ligado, convidando. Cheguei e me informaram na bilheteria que estava esgotado. Caminhei por ali, não encontrei ninguém conhecido. Fui-me embora. Jantei no Galeto’s e vim para casa. O pior é que havia outros filmes que eu poderia haver tentado. Estou cansado, vou para a cama ler um pouco. Guilherme Sobota me havia dado, como presente de aniversário, História do Olho, de Georges Bataille. Esse guri deve fazer uma ideia bem apimentada de mim, me presenteando com o relato do narrador obcecado por fiofó. É c… pra lá e pra cá, uma beleza. Havia lido, há uns 50 anos, mas sem o ensaio de Roland Barthes. Para manter a rubrica Mostra no título – assisti hoje pela manhã a Viaje a los Pueblos Fumigados, de Fernando Solanas, sobre os prejuízos que o modelo agrícola baseado na soja, e em transgênicos, vem causando à Argentina. Agro é tech, agro é pop, agro é f… Solanas é sempre uma porrada. Amanhã o entrevisto, pela manhã. Depois, tem a feijoada da Mostra e os filmes que quero ver, à tarde e à noite. Selvagem e, ó duvida cruel, Intimidade entre Estranhos ou o filme do Joel Pizzini? Vou terminar vendo os dois, mas é a primeira exibição, em presença das equipes e com direito a debate após a exibição. Pena que os horários estejam batendo.