As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Estradas’

Luiz Carlos Merten

28 de agosto de 2010 | 11h40

Eduardo ‘Duda’ Valente pegou carona nos comentários para fornecer o link da Semana dos Realizadores, que promove no Rio. Dei uma olhada e achei bem interessante a programação, mas me agradou, mais do que tudo, a inclusão de dois filmes que amo – ‘Estrada para Ythaca’, da garotada do Ceará, e ‘A Última Estrada da Praia’, que Fabiano de Souza adaptou de ‘O Louco do Cati’, de Dyonélio Machado. Durante o Festival de Gramado, onde vi o filme do Fabiano, postei que gostaria muito de tê-lo visto entre os concorrentes ao Kikito e seria o único a me fazer vacilar em relação às decisões do júri oficial. Depois disso, Alice Urbim fez a gentileza de me enviar a versão curta do filme de Fabiano, que ele havia feito para a RBS. Gostei, mjas o longa é muito melhor – e, agora, mais do que nunca, insisto que deveria ter concorrido em Gramado. Acho que as duas ‘Estradas’, a de Ythaca e a da praia, por mais diversas que sejam, dialogam de forma muito original e criativa (e terminaram se unindo no meu imaginário). Cheguei a pensar como seria bom juntar os filmes. Quem sabe o Adhemar Oliveira ou o Jean-Thomas não faziam isso em suas salas (o Espaço ou o Arteplex, e a Reserva Cultural). A Semana dos Realizadores se antecipou. Estou indo agora para Campinas, para visitar o set do novo filme de Cláudio Torres, com Wagner Moura. Se não tivesse o compromisso, neste sábado à tarde, teria adorado ir ao Rio no fim de semana para assistir à programação – alguns filmes, pelo menos – que o Instituto Moreira Salles dedica a Andrei Tarkovski. Gostaria também de ver alguns desses filmes da ‘Semana’. Quem sabe não arranjo um tempinho? Muitos deles já vi em Tiradentes, no começo do ano, porque integraram a mostra da qual Eduardo Valente faz a curadoria, com o Cléber Eduardo. Já estou no aguardo do próximo Festival de Tiradentes, em janeiro, evento que está virando, se é que já não virou, o mais importante do cinema autoral no País, com uma riqueza de debates que me fascina. Olhaí, pessoal, toda atenção às duas ‘Estradas’.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: