As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

É ‘Retorno’!

Luiz Carlos Merten

25 de outubro de 2014 | 08h48

Ia corrigir diretamente no post anterior, mas achei melhor abrir um novo. O filme de Laurent Cantet chama-se Retorno a Ítaca, e não Viagem a Ítaca, como escrevi anteriormente. Fiquei até de madrugada vendo filmes da Mostra – História da Eternidade e As Noites Brancas do Carteiro, dos quais, honestamente, ainda não consigo dizer se gostei – e estou indo agora para um café da manhã com Cantet. Gostei tanto de seu novo filme. Ítaca! Viagem, Retorno, Estrada ( no filme da Alumbramento, dos irmãos Pretti e dos primos Parente). Vai ser um post supercurto, só para corrigir o título. Teremos também, hoje pela manhã, nas cabines da Mostra, Os Maias, de João Botelho. Sempre tenho a impressão de que vi o português errado no Festival do Rio. Queria tanto ter visto o Cavalo Dinheiro, de Pedro Costa. Perdi. O filme está na capa da nova edição da revista Cinemascope, um luxo. Consegui ver Os Mais in extremis. Não desgostei, só fiquei um tanto desconcertado com o tratamento artificioso e teatralizado que Botelho dá ao relato naturalista de Eça de Queirós. Queria rever para tirar a teima. Não sei se o vou conseguir, mas vou tentar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.