As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cannes (38)/Suécia!

Luiz Carlos Merten

28 Maio 2017 | 15h18

CANNES – E a Palma foi para o sueco Ruben Ostlund, por The Square. Ainda vou me arrepender de não ter torcido pelo filme da aids. The Square tem uma presunção – ao falar sobre a arte contemporânea – que me incomodou. Tentei rever hoje, na reprise dos filmes da competição, mas a sessão lotou quase uma hora antes, sinal de que havia muita expectativa. Há quanto tempo a Suécia não ganhava o prêmio? Ingmar Bergman só ganhou uma Palma das Palmas, no centenário do cinema. Posso estar enganado, mas acho que só Alf Sjoberg venceu o festival, e ainda era Grand Prix, não a Palma. Foi em 1951, por Senhorita Júlia.