As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cannes (38)/O inventor da câmera-caneta

Luiz Carlos Merten

20 de maio de 2016 | 21h38

CANNES – Fujo um pouco do festival, mas mantenho a procedência, porque, afinal, estou aqui. Os jornais de hoje da França me deram conta da morte de Alexandre Astruc. Alexandre quem? Ele estava com 92 anos e morreu na madrugada de quinta-feira, 19. Astruc foi um intelectual importante e umas figura maior da culytuiras frasncesa no século passado. Foi decisivo como pioneiro da nouvelle vague, tendo recebido, em 1952, o prêmio Louis Delluc por Le Rideau Cremoisi, com Anouk Aimée e Jean-Claude Pascal. Filmando ou teorizando, nas páginas de jornais e revistas, Astruc, jovem crítico de 25 anos, criou o conceito da caméra-stylo. A câmera caneta não era necessariamente uma câmera leve, por mais que a Arriflex tenha sido o instrumento dos autores da nova onda, mas uma ideia defendida por Astruc, que pregava a liberdade de utilizar a câmera para expressar o pensamento, da mesma forma que faziam os escritores, com a pluma, na literatura. O conceito pode ser considerado ultrapassado em tempos de internet, mas a repercussão foi enorme, na época, e Astruc foi reconhecido como precursor da geração de François Truffaut e Jean-Luc Godard. Astruc nasceu em Paris e estudou matemática. Formado, descobriu que seus interesses eram a filosofia, a literatura – e o cinema. Diante de Les Mauvaises Rencontres, de novo com Anouk e Pascal, o jovem Truffaut proclamou que aquele era o cinema de autor que queria fazer. Vieram na sequência La Proie pour l’Ombre e Education Sentimentale. Astruc fez, na TV, belos documentários e adaptações de Poe e Balzac. Sua versão de Luís XIV, contemporânea da de Roberto Rossellini, é considerada superior à Tomada do Poder (pelo Reio-Sol). Escreveu romances e ensaios, apoiou Giscard D’Estaing e foi eclipsado na era socialista de François Mittérrand. Com sua morte, a França (re)descobriu um artista que vinha sendo, hélas!, negligenciado.

Tendências: