As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cannes! (22)/Brasil na parada

Luiz Carlos Merten

24 Maio 2015 | 14h18

CANNES – E o primeiro prêmio da noite, atribuído pelo grande diretor da Mauritânia, Abderrahmane Sissako, foi para um curta. Waves 98. Na sequência, a musa de Alain Resnais, Sabine Azéma, anunciou a Caméra d’Or para lA Tierra y La Sombra, de Cesar Acevedo. A boa novidade – o filme colombiano, de Cali, é uma co-produção da empresa brasileira Pret a Portê. O filme ganhou outros quatro prêmios na seção Semana da Crítica.