As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Berlinale! (9)

Luiz Carlos Merten

08 de fevereiro de 2015 | 22h25

BERLIM – Já tinha ido me deitar – já é mais de uma da manhã aqui e tenho de levantar às 7 -, quando me dei conta de que Orlando Margarido tem razão. Darren Aronofsky presidiu o júri de Veneza em 2011 e premiou Alexandr Sokurov, Fausto. Quem premiou Kim Ki-duk, Pietà, foi Michael Mann, em 2012. Lembrei-me por vias tortas. Naquele ano, encontrei-me no Rio com Marina Abramovic e ela me falou como Michael Mann a havia surpreendido. Um norte-americano do Centro-Oeste, de Illinois. Poderia ser preconceituoso, mas, segundo ela, tinha um olhar compassivo para a diferença e a miséria humana. Vamos torcer para que Aronofsky faça a coisa certa.

Tendências: