As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Berlinale! (10)

Luiz Carlos Merten

09 de fevereiro de 2015 | 18h07

BERLIM – Estou no hotel, de onde mandei minhas matérias do dia para o Caderno 2 e tenho de correr para ver o filme de Wim Wenders na sessão de imprensa, Everything Will Be Fine. Quero dar conta rapidamente do dia. O Chile mandou outro representante de peso, El Club, de Pablo Larraín, que se passa numa casa no litoral, onde vivem quatro padres e uma freira. Essa nova tragédia na beira do mar – o oceano está sendo o cenário desse festival – inclui uma reflexão muito forte sobre os crimes da Igreja, ou pelo menos de seus representantes. Padres abusadores de crianças, cúmplices da ditadura. Se fosse um filme de horror americano a freira não seria tão sinistras, e com uma cara de quem não sabe nada. Consegui ver Life, de Anton Corbjin, sobre o fotógrafo da revista norte-americana que, nos anos 1950, fez o famoso ensaio sobre o jovem James Dean, que logo em seguida ia estourar (na tela) e morrer. Robert ‘Crepúsculo’ Pattinson é quem faz o papel – do fotógrafo. Bom, e rola um clima. O fotógrafo é straight, mas o olhar do diretor reforça a famosa bissexualidade do astro. Revi também Jia Zhangke – O Homem de Fenyang, de Walter Salles. Jia não veio porque está filmando na China o projeto em que retoma os personagens de Plataforma. Jia é sempre tão rápido que dá para sonhar com seu filme em Cannes, em maio. Walter e Jean-Michel Frodon fizeram a apresentação. Emocionei-me mais ainda com a cena em que Jia chora ao falar do pai. Walter transformou o autor chinês num de seus mais belos personagens, com aquela coisa tão forte da ética. Não hesito em postar o que descobri por acaso. Walter Salles foi convidado pelo festival para outorgar a Wim Wenders o Urso de Ouro especial de carreira que o alemão vai ganhar. Considerando-se que o cinema de estrada de Wim foi decisivo para Walter, no começo de sua carreira – vi uma vez na Grécia um debate muito rico sobre o assunto, com os dois -, tenho a impressão de que ele vai fazer dessa entrega de prêmio um tributo especial.